Propriedades das Gemas (3)

Pesos usados no comércio de gemas

Quilate. O peso usado no comércio de gemas desde a Antigüidade. O nome originou-se da semente (kuara) da planta denominada coral africano ou do grão (grego-kertion) do feijão da alfarrobeira (Carob). Desde 1907, a Europa, bem como a América, adotaram o quilate métrico de 200 mg ou 0,2g. Portanto, os pesos dados para os famosos diamantes antigos freqüentemente variam porque eram usados quilates locais e não quilates métricos. O quilate é subdividido em frações (1/10 ct) ou decimais (1,25 ct) até duas casas decimais. Os brilhantes pequenos são pesados em “pontos” + 1/100 ct (= 0,01 ct).

O peso do quilate das gemas não é para ser confundido com o quilate usado pelo ourives. No caso do ouro, o quilate não é uma medida de peso mas a designação de qualidade. Quanto maior a quilatagem, maior o conteúdo de ouro na peça de joalheria. O peso pode ser variável.

Grama. Peso usado no comércio de gemas para pedras menos valiosas e para pedras brutas (por exemplo, o quartzo).
Grão (latim – granum). Medida de peso para pérolas. Corresponde a 0,05 gramas = 0,25 ou ¼ de quilate. O grão foi progressivamente superado pelo peso em quilate.

O antigo peso japonês, momme (= 3,75 gramas = 18,75 quilates) é raramente usado na Europa.
Preços no comércio de gemas. O preço cotado é sempre o preço do quilate. Este tem de ser multiplicado pelo peso real para se obter o preço de uma pedra em particular. Com diamantes, o preço por quilate aumenta progressivamente com o tamanho da gema em aumentos muito pequenos, 10 pontos para as gemas mais caras. Se, por exemplo, uma pedra de um quilate custa £ 750/$1.275, uma pedra de dois quilates (da mesma qualidade) não custa £ 1.500/$2.550 por quilate, mas talvez £2.500/$4.250 ou mais. Pedras coloridas têm preços fixos por quilate para grupos de dimensões muito maiores.



Propriedades Ópticas

De todas as várias propriedades de uma gema as características ópticas são da maior importância. Elas produzem cor e brilho, fogo e luminescência, jogo de luz e Schiller (iridescência). No exame das gemas há mais e mais concentração nos efeitos ópticos.

Curtir no Facebook

Joalheiros.NET

Escola de Joalheria e Ourivesaria
Av. República Argentina, 452 ● Curitiba ● PR
(41) 3342-5554 ● WhatApp 41 99115-5222